Amigos criam rede de banho e tosa por app

Amigos criam rede de banho e tosa por app

Com a saúde debilitada, ainda no quarto do hospital, Rodolfo Calvo desenhou o aplicativo da Doggi, fundada com o amigo Thiago Calixto

O empresário Rodolfo Calvo já tinha experiência com empreendedorismo quando fundou a Doggi, rede de franquias especializada em banho e tosa por aplicativo. Em 2018 criou uma startup promissora na cidade de Ribeirão Preto (SP).

Thiago Calixto e Rodolfo Calvo, fundadores da Doggi (foto: divulgação)

Mas foi no início de 2021, quando precisou interromper sua participação no negócio por um problema de saúde, que talvez exigiria, naquele momento, até de um transplante de órgão. Foi quando ele decidiu empreender novamente, mesmo acamado.

A ideia do negócio surgiu após uma conversa com Thiago Calixto, um amigo e antigo parceiro de trabalho que tinha mais de 16 anos de experiência no segmento de pet. Pesquisaram sobre o mercado e descobriram duas lacunas: a falta de tecnologia e de horários para os clientes que queriam agendar os serviços de banho e tosa no mesmo dia. 

“A maioria dos players do segmento não disponibilizavam um aplicativo que facilitasse o agendamento de serviços, e a vida dos tutores. Raramente havia disponibilidade de horário para o mesmo dia”, explica Calvo, que criou todo o protótipo do aplicativo ainda no quarto do hospital.  

Em junho do mesmo ano, nascia então a Doggi. Para testar o modelo de negócios, inauguraram a primeira unidade na cidade do interior paulista e, após o sucesso, decidiram expandir por meio do franchising

Assim que o candidato a franqueado procura pela rede, já percebe todos os diferenciais que ela oferece, como a seleção e análise do ponto, que não precisa ser em locais de grande movimento, já que as ações de marketing são justamente para captação dos clientes, que só conseguem agendar serviços por meio do aplicativo administrado pela franqueadora.

Há ainda apoios na elaboração do projeto de arquitetura e layout da loja e na gestão, que conta com sistemas operacionais automatizados. 

Àqueles que desejam empreender e estão procurando oportunidades em um setor que, segundo o Instituto Pet Brasil (IPB) cresceu 35% em 2020 e 2021, a Doggi oferece dois modelos de franquias: uma só para banho e outra para banho e tosa.

O investimento inicial começa em cerca de R$ 60 mil, já com taxa de franquia e capital de giro para seis meses. O franqueado precisa de uma equipe de sete funcionários e apenas 35m² para começar. Um diferencial está na isenção da taxa de publicidade, que geralmente é cobrada em modelos de franquia. “A única característica essencial é que o franqueado seja apaixonado por cachorros”, reforça Rodolfo. 

A primeira unidade franqueada foi inaugurada em novembro do ano passado e há outras cinco em fase de implantação, que devem ser inauguradas nos próximos três meses. A pretensão é fechar 2022 com 120 lojas e faturamento de R$ 16,2 milhões.

“A ideia é começar a expansão nas cidades vizinhas, até chegarmos em outros estados e capitais”, saliente o executivo. 

Com valores acessíveis, empresa aposta em clientes das classes A, B e C

Na Doggi, o usuário baixa o aplicativo no smartphone e coloca as características do seu cachorro, como tamanho, tipo de pelagem e endereço. Assim, a ferramenta direciona o cliente para a unidade mais próxima e apresenta os horários disponíveis para agendamento.

Um dos diferenciais está no Táxi Dog, que traz a possibilidade de agendar a retirada e entrega do cachorro em casa. Os valores para banho variam entre R$ 30,00 e R$ 100,00, e para tosa entre R$ 80,00 e R$ 110,00, de acordo com o tamanho e pelagem do animal. O transporte sai em média R$ 19,90. 

Ao centralizar os agendamentos no aplicativo, direcionados para as unidades Doggi franqueadas, é possível gerenciar as demandas permitindo melhor experiência do usuário, que não corre o risco de não ter vagas disponíveis para o dia desejado. Assim, caso não haja opção em uma unidade específica, a própria ferramenta repassa o atendimento para outra franquia próxima. 

Para que o tutor tenha mais vantagens, outro diferencial é o Clube Doggi, um clube de assinaturas que oferece até 20% de desconto ao consumidor final e ainda não cobra pelo serviço de ‘leva e traz’ dos cachorros.

Como uma franquia especializada em banho e tosa, as unidades não disponibilizam produtos para venda, mas a partir de uma parceria com o e-commerce varejista PetLove, no aplicativo Doggi os tutores conseguem comprar produtos como roupas, brinquedos, acessórios, alimentos, produtos de higiene, entre outros. 

No segundo semestre do ano, a rede pretende incluir serviços de vacinas em domicílio, via parceria com veterinários cadastrados na plataforma. Outra iniciativa será o atendimento veterinário online para alguma emergência com o cachorro que possa ser realizada remotamente.

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom
Rafael Gmeiner

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias