Franquia de portaria cresce 48% na pandemia

Franquia de portaria cresce 48% na pandemia

Com um mercado de mais de 500 mil condomínios, a franquia Minha Portaria oferece segurança e economia de até 50% na mensalidade condominial

Com o potencial de impactar a vida e o orçamento de mais 68 milhões de pessoas que residem em condomínios, as franquias de portaria remota despontam como uma das principais tendências no franchising brasileiro.

A rede Minha Portaria viu crescer o número de interessados em replicar o serviço em todo Brasil e na América Latina. Atualmente a empresa atua nas cidades de paulistas de Santos, Itatiba, Guarulhos, Araçatuba e Campinas; bem como em Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ), Niterói (RJ), Belém (PA), Manaus (AM), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG) e Juiz de Fora (MG). Além disso, inaugurou a primeira franquia internacional, em Lima, no Peru.

Estima-se que as portarias remotas custam 40% menos do que as portarias tradicionais e representam uma economia de até 50% com os custos da mensalidade do condomínio.

Com uma relevância social de democratizar os custos com habitação, a tecnologia também está atraindo empreendedores interessados em explorar o mercado que, de acordo com a Associação Brasileira de Síndicos e Síndicos Profissionais (ABRASSP), movimenta R$165 bilhões.

A pandemia também impulsionou o negócio, já que os condomínios passaram a se preocupar muito mais com o contato entre pessoas e dispositivos. “A portaria remota, além de uma forma de redução de custos e aumento da segurança, também diminui o contato entre moradores e funcionários”, afirma o CEO da Minha Portaria, Walter Uvo.

O executivo completa mostrando que a sua rede oferece, em especial neste momento de pandemia. “A Minha Portaria oferece o serviço de controle de acesso através de biometria, tags pessoais, abertura de portas por GPS, QR Code e leitor facial, todas touchless, sem contato com outras pessoas”.

Em 2019, a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese) divulgou projeção de alta de 30% no setor de portaria remota e monitoramento à distância para 2020.

Para atender o mercado potencial de 500 mil condomínios brasileiros, a Minha Portaria oferece seis modalidades de Portaria Remota e cinco pilares tecnológicos, que são o controle de acesso, interfonia, controle de portões, alarme perimetral e câmeras de vigilância (CFTV).

Para o franqueado, a rede proporciona treinamentos e tecnologia de ponta, intuitiva e de rápida instalação, com suporte pré e pós-venda. Além disso, a matriz conta com selo de qualidade da Abese, que diferencia a qualidade dos produtos e serviços prestados, como a segurança dos dados dos moradores.

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom
Rafael Gmeiner

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias