Ex-funcionária assume franquia e paga investimento em 6 meses

Ex-funcionária assume franquia e paga investimento em 6 meses

Franquias sem ciladas

Mesmo o período de pandemia não foi obstáculo para a franqueada da Ótris Soluções Financeiras, que hoje conta com mais de 100 clientes

O término de um casamento foi o pontapé inicial para Polliana Lopes começar sua jornada de empreendedora. Aos 32, a empresária trabalhava em Brasília como negociadora em uma unidade da Ótris Soluções Financeiras, rede de franquias especializada na recuperação de créditos para PMEs.

Eleita pela franqueadora como a melhor funcionária da região, Polliana recebeu uma proposta para abrir uma unidade home based na cidade.  Com dois filhos pequenos para criar, a operadora se tornou empresária e utilizou toda a sua experiência para tocar o próprio negócio a partir de casa. Em seis meses, e em meio à pandemia, a nova franqueada recuperou todo o valor que investiu

A franqueada, Polliana Lopes

“Eu tinha acabado de me divorciar, tinha que cuidar das crianças e precisava ganhar meu próprio dinheiro. Eu conhecia o trabalho, confiava no apoio da franqueadora e sou muito boa em negociação, então investi minhas economias e venho crescendo desde então”, conta Polliana.

O sonho de empreender vem de longa data, abriu mão por um tempo do mercado de trabalho para cuidar da sua família e estudar. Se formou em Administração, mas logo no fim do curso teve outro um filho, o que a fez postergar seus planos para cuidar das crianças. “Uma das minhas principais inspirações em empreender foi minha mãe, que sempre me incentivou a correr atrás dos meus sonhos. Ela trabalhava como doméstica, e sempre se esforçou muito para tocar sozinha a casa e quatro filhos. Possuía também negócios paralelos, como venda de artesanatos em crochê, que ela mesma produzia, cosméticos, entre outros produtos. Eu sempre a ajudava e, aos poucos, comecei a tomar gosto por vender e descobri que cada negociação é única. Tanto que a maioria dos meus trabalhos foram na área de Vendas, me especializando em negociações”, explica.

Negócios em tempos de pandemia

De acordo com a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), somente em junho, 67,4% das famílias brasileiras estão inadimplentes. Segundo a Ótris Soluções Financeiras, a rede teve um aumento de 30% na procura das empresas pelos serviços de recuperação de crédito. Na contramão da economia, o setor vive um momento de investimento e crescimento.

Polliana assumiu o empreendimento em fevereiro, um mês antes da pandemia do novo coronavírus, que desacelerou diversos setores. Ela conta que no início não foi fácil, não só pelo desafio de administrar o próprio negócio, mas também pelos filhos estarem em casa.

“Tem que ter muito planejamento, organização e disciplina para trabalhar de casa, ainda mais com duas crianças por perto. Com a pandemia tive que reconstruir minha rotina para conseguir manter as horas trabalhadas, ajudar meus filhos nas aulas e cuidar da casa. Creio que tudo se tornou um pouco mais fácil devido a franquia ser home based. É ótimo estar presente com meus filhos e ao mesmo tempo conseguir continuar o trabalho”, diz.

Mesmo com os percalços de iniciar um negócio próximo a pandemia, em seis meses conquistou um crescimento exponencial, recuperou o investimento e possui mais de cem clientes. Ela ainda tem previsões bem otimistas, com a expectativa de faturar R$81 mil até o fim do ano e, com o crescimento da carteira, cogita em contratar 1 funcionário.

“Estamos em um momento em que as empresas precisam muito do serviço de recuperação de crédito e as pessoas estão buscando equilibrar as contas após o período mais difícil da pandemia. É o momento ideal para a atuação de empresas e serviços de renegociação de dívidas”, finaliza o fundador da Ótris, Caio Katayama.

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom
Rafael Gmeiner

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias