3 empreendedores para se motivar

3 empreendedores para se motivar

Todas as histórias têm pontos em comum: começam na adolescência, entre os 16 e 17 anos, tiveram muita persistência e percepção de negócios

São muitos os casos de empreendedores de sucesso que podem ser citados em qualquer momento ou circunstância, ainda mais neste momento delicado pelo qual passamos. Ter motivação para enfrentar o dia a dia é fundamental e, no mundo dos negócios, não é diferente.

Novos empreendedores surgem o tempo todo. E em tempos de crise, os números só aumentam. Para se ter ideia, uma pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada com o apoio do Sebrae, mostrou que Brasil registrou em 2020 o melhor índice de empreendedorismo em 20 anos. O número de Microempreendedores Individuais (MEIs) no país cresceu 14,8%, chegando a 10,9 milhões de registros.

Cases para se inspirar

Felipe Palmeira e Bruno Rodrigues, fundadores da Artes Filmes, franquia de produtoras de vídeo, de Mogi das Cruzes (SP), são dois exemplos de perseverança no empreendedorismo e fizeram seus sonhos se realizarem. E tudo começou com o futebol no bairro, onde se conheceram.

Aos 17 anos eles já atuavam no segmento fazendo trabalho com organizações de festivais de bandas e grandes shows na cidade, onde já demonstravam que a parceria de cedo estava apenas começando e que o espírito empreendedor vinha ganhando forma aos poucos.

Ingressaram na faculdade para ampliarem o conhecimento na área de audiovisual e o estágio na TV Diário, filial da TV Globo no Alto Tiête, foi um impulso a mais para materializar o sonho. 

Em 2012, com o aluguel de uma sala pequena, algumas economias e muita vontade, deram vida a primeira sede da Artes Filmes e, enquanto o estágio na TV acontecia durante o dia, se dedicavam noite adentro para dar forma a empresa. E em certo momento precisaram decidir terem que se dedicar inteiramente rede, que tem foco no B2B atuando na parte comercial, com a produção de comerciais de TV, Animação, eventos, com cobertura de entretenimento e esportes, institucional, treinamento e streaming, com lives.  

Marmita Fit menor

Cássia Buratto, CEO da Buratto Consultórios, rede de franquias de salas compartilhadas para profissionais da saúde, desde adolescente já dava seus primeiros passos no ramo da saúde e sonhava em fazer a diferença no setor por meio de algo inovador. Na época, com 16 anos, estudava acupuntura e, dois anos mais tarde, com o título de farmacêutica acupunturista pela WFAS (Federação Mundial de Acupuntura), teve a ideia de montar seu primeiro consultório ao adquirir um imóvel na cidade de Santo André (SP)

Em 2015, com o crescente número de atendimentos resolveu expandir suas operações e adquirir seu próprio imóvel. No entanto, o local escolhido era grande demais para sua necessidade e foi quando entrou seu olhar de empreendedora ao ver não apenas uma forma de reduzir seus custos, mas também de criar uma fonte de renda. Dividiu o espaço em três consultórios, mobiliados, para fracionar os custos e para auxiliar quem tivesse a mesma dificuldade encontrada pela executiva. E foi assim que ela deu vida Buratto Consultórios.

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias