Jovem de 28 anos começou como auxiliar e virou franqueada

Jovem de 28 anos começou como auxiliar e virou franqueada

Janaina abriu a própria unidade depois de trabalhar mais de quatro anos como assistente de saúde bucal e gerente administrativa da GOU Odonto

O sonho de Janaina Ferreira Ramos, 28, sempre foi ser dona do próprio negócio. Embora tenha começado como auxiliar de saúde bucal em uma unidade da GOU Odonto, rede odontológica, em Brasilândia (MS), o bom desempenho no trabalho logo rendeu a ela a possibilidade de atuar como gerente administrativa do consultório de 2019 a 2020.

E, após um longo caminho de aprendizado e de soma de responsabilidades, ela conseguiu colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos, tanto na área clínica quanto na administrativa para, enfim, inaugurar sua própria unidade da GOU Odonto, no mês de março, na cidade de Água Clara também no Mato Grosso do Sul. 

Mesmo abrindo sua franquia em um momento de crise sanitária, a mais nova empresária sul-mato-grossense está sendo procurada por novos clientes. “Estamos vivendo um momento muito difícil, mas existem clientes que acreditam na GOU Odonto e que estão ansiosos para começarmos a atuar”, afirma Janaina. 

Com o novo negócio, a empreendedora espera conseguir um futuro melhor para seu filho. “Tudo o que faço é pensando nele. Com essa unidade, vou realizar meus dois maiores sonhos: ser dona do meu próprio negócio e proporcionar uma vida melhor para o meu filho, guardando dinheiro para sua faculdade e para as conquistas que estão por vir”, explica a empreendedora. 

Embora tenha aberto a franquia há pouco tempo, Janaína já tem planos de expansão. Para o futuro da sua loja, a empresária espera modernizar cada vez mais os equipamentos, disponibilizando, assim, serviços diferenciados. “Eu desejo que todos possam recorrer ao meu consultório, independentemente do motivo para a visita”, espera.  

E ela é uma das inúmeras mulheres que estão se tornando donas do próprio negócio. Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o número de mulheres à frente das 50 maiores redes de franquias do Brasil saltou de 15% para 21% entre 2019 e 2020. “O empreendedorismo feminino é um fenômeno em crescimento. Cada vez mais estaremos no comando das nossas próprias empresas e franquias”, finaliza Janaína. 

Marmita Fit menor

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias