2 revendedoras que mudaram suas vidas

2 revendedoras que mudaram suas vidas

Empreendendo com vendas diretas na Cacau Show, Maria e Pietra, conquistaram suas independências financeiras, driblando o desemprego no país

Segundo dados da PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), divulgados pelo IBGE (Instituto Nacional de Geografia e Estatística), a taxa de desemprego no último trimestre de 2020 chegou a 14,2%, a mais alta desde 2012. Um dos motivos é a pandemia, que foi um dos principais fatores de fechamento dos negócios, bem como de demissões.

Se recolocar em um mercado em crise é difícil, mas sempre há saídas para quem está disposto a trabalhar. Como é o caso de duas revendedoras da Cacau Show, que atuam com venda diretas, um método de distribuição e de vendas com a participação de vendedores independentes, autônomos ou freelancers. Maria Sirlete, que sempre gostou da área de vendas, já era cliente assídua da Cacau Show, com grande sentimento pela marca. Há 16 anos trabalhando no mercado de varejo, encontrou, agora, a oportunidade perfeita para mudar de vida e ter uma renda extra como revendedora da rede.

Por já ter um emprego fixo, seu tempo dedicado a revenda era mínimo, mas, mesmo assim, possibilitou que ela conseguisse uma boa renda, que foi suficiente para conseguir reorganizar as finanças, pagar dívidas antigas e juntar sua primeira reserva emergencial.

“Eu sempre fui apaixonada pelos chocolates e quando precisava comprar presentes eu sempre ia diretamente na loja da Cacau Show. E agora sou empreendedora. É assim que eu me sinto e me realizo diariamente. Sei que entrego comodidade, facilidade e felicidade”, comenta Maria.

Pietra Bezerra, 23 anos, nunca permitiu que os obstáculos a impedissem de conquistar a sua independência financeira. Ela começou a revenda da Cacau Show em julho de 2020, quando seus pais visitaram a fábrica em Campos de Jordão e se encantaram ainda mais pela marca. Além disso, descobriram mais detalhes sobre a venda direta e pensarem automaticamente na filha.

“Nasci de 6 meses, devido a uma meningite, e tenho sequelas de paralisia cerebral, mas isso nunca me parou ou me impediu de ir atrás daquilo que queria. Então, a oportunidade de ser revendedora da Cacau Show foi perfeita para mim. O melhor caminho é não desistir dos seus objetivos, ter determinação, postar, fazer propaganda e oferecer um bom serviço, que você fideliza o cliente que não consegue ou não tem tempo de ir à loja”, finaliza Pietra.

Para se tornar um revendedor da marca basta acessar o site, clicando aqui!

E se preferir, invista em você e inicie um curso de doces gourmet, trabalhe de casa e monte o seu próprio negócio. Clique aqui para saber mais!

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias

Marmita Fit menor


Agência VitalCom

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias