Invista em franquia e tenha o seu próprio negócio

Rede criada na pandemia faturou R$2 milhões em um ano

Modelo de negócio foi pensado para resistir a qualquer instabilidade, em um setor que mais se destacou na pandemia no ano passado, com crescimento de 6,9%

Investir em franquias sempre foi a melhor opção para quem busca por investimento de segurança. De uma forma simples e resumida, o franchising é um modelo de negócio que consiste na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (franqueador) a um investidor (franqueado) para que ele possa replicar em diferentes locais um formato reconhecido e bem sucedido de exploração de mercado.

As franquias têm como principal característica a padronização de processos e produtos e abrangem diversos segmentos de mercado, como Alimentação; Saúde, Beleza e Bem-estar; Serviços e Outros Negócios; Moda, Hotelaria e Turismos; Serviços Educacionais; Casa e Construção; Serviços Automotivos; Comunicação Informática e Eletrônicos; Entretenimento e Lazer; Limpeza e Conservação, entre outros.

Mesmo em meio a toda desconfiança do mercado nos últimos anos, o setor de franquias continua crescendo a todo vapor no Brasil. Em 2019, o setor teve faturamento de R$186,7 bilhões, com crescimento de 6,8%.

O mercado de franquias se reinventou e possibilitou, no ano passado, a criação de novos modelos de negócios pensados, inclusive, no isolamento social. Além de mudanças de operação, como nos segmentos de Alimentação, Saúde e Vendas pelo e-commerce, por exemplo, que devem continuar em alta registrando crescimento logo nos primeiros meses de 2021.

Este é o caso da holding de franquias Grupo Atnzo, que durante a pandemia desenvolveu a hamburgueria Poppys Smash Burger, especializada em fastfood, e já soma mais de 160 contratos firmados. Em 2020 a marca estava só no estado de São Paulo, já no final do ano passado e início de 2021, a rede expandiu por mais de 14 estados, como Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Minas Gerais, Paraíba, Pará, Rondônia, Ceará e Bahia. A expectativa da hamburgueria é chegar a 200 contratos até o final deste ano. E em um ano a rede faturou R$75 mil.

O CEO do Grupo, Lucas Atanazio, explica que ao criar a Poppys ele pensou em abranger todos os nichos de mercado, atingindo amplamente todos os consumidores. “O motivo principal foi o de resgatar o hambúrguer tradicional, pois a “onda da gourmetização” já tinha saturado os consumidores e viabilizei o ticket médio reduzido que faz com que o modelo de negócio não pertença a um nicho exclusivo de compras, mas se torna viável a todos, com um lanche saboroso e de baixo custo”, diz.

Pela marca ter sido criada no meio de uma pandemia mundial, o modelo de negócio foi pensado para resistir a qualquer instabilidade que o mercado apresentar. Devido ao isolamento social, as pessoas estão pedindo muito mais comida no conforto de suas casas, o que favorece o delivery. A ABRASEL (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) estima que o delivery movimenta R$11 bilhões por ano.

A advogada e empreendedora, Cynthia Mazzuia, adquiriu uma franquia da Poppys, na cidade de Penha (SC), em meio à pandemia e contou que acertou em sua escolha. “Minha tomada de decisão foi muito rápida, por que eu acreditei na marca desde o início, fui muito bem recepcionada pela equipe do Grupo Atnzo e recebi todo apoio com orientações e suporte. A equipe me acompanhou na inauguração da minha unidade e estou muito feliz com a operação que tenho. A pandemia não afetou o meu modelo de negócio, pois estamos atuando normalmente, com uma boa lucratividade”.

Marmita Fit menor

De acordo com o Sebrae (Serviço de Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), 15% das redes fecham as portas antes de completar dez anos, por isso, o Grupo Atnzo auxilia e avalia o perfil de seus novos franqueados. “Durante o entusiasmo inicial é comum que detalhes passem despercebidos, por isso o Grupo Atnzo oferece o apoio de especialistas para identificar situações que podem fugir do seu planejado, além de ajudar a ter cuidado e desenvolver sua franquia com tranquilidade. Com cautela e sabedoria, o mercado é promissor e vale muito mais do que a pena”, finaliza Lucas.

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias