Empreendedor de franquia fitness começou aos 17 anos

Empreendedor de franquia fitness começou aos 17 anos

Um dos maiores empresários de academia do País, Fernando Nero, fundador da Blue Fit e parceiro do Anderson Silva no Brasil, contou como conquistou o sucesso

O empresário Fernando Nero sabe o que é trabalho desde cedo, pois desde a adolescência comprava e vendia objetos. Mas foi aos 17 anos que sua veia empreendedora de fato tomou forma. O dono da academia onde ele treinava jiu-jitsu, em São Caetano do Sul (SP), decidiu se desfazer do negócio e o jovem cheio de sonhos não pensou duas vezes. Juntou-se a um amigo e comprou o estabelecimento, que ganhou o nome de Health Place, com isso, uniu duas paixões: o esporte e o caminho profissional.

Fernando Nero vendia objetos na adolescência

Motivado por essa experiência, Fernando ingressou na faculdade de Educação Física e na academia desenvolveu, sem querer, a metodologia que o acompanharia ao longo de sua vida nos negócios. “O brasileiro gosta sempre de pagar pouco e ter muito. Eu coloquei uma faixa na porta da academia anunciando as modalidades e o preço com a mensagem “tudo por tantos reais”. E quando eu vi, o local estava cheio de alunos”, conta.

O empreendedor e o amigo ficaram à frente do negócio por dois anos, mas acabaram se desfazendo da academia. Desta foma, Nero foi trabalhar em grandes academias, como a Companhia Athlética e, nessa estrada, ficou por alguns anos até retornar ao mundo do empreendedorismo, de novo com a marca Health Place, mas desta vez em uma empreitada que oferecia ginástica laboral nas empresas. “Nós montávamos academias dentro das empresas para que as pessoas pudessem se exercitar. Chegamos a ter unidades em 60 cidades”, destaca.

Fundação da Blue Fit

A nova Health Place durou 10 anos e, novamente, Fernando sentiu vontade de abrir uma academia. E foi desta maneira que nasceu a primeira Blue Fit, que em poucos anos se tornou um verdadeiro fenômeno no mercado de franquias. Em menos de três anos, pelas mãos de Fernando, e de seu novo sócio, a rede se tornou a segunda maior do Brasil em número de lojas. E mais um ano depois o empresário já havia comandado a abertura de 70 novas lojas pelo Brasil.

Mas nem tudo foram flores. Apesar das grandes conquistas, Fernando enfrentou grandes adversidades com a concorrência, mas isso não o desanimou. “Foram muitos obstáculos, porém, com isso tive um grande aprendizado, o que me tornou ainda mais forte nesse setor. Hoje eu agradeço por tudo o que passei, pois as dificuldades fazem a gente crescer, evoluir e sair da zona de conforto”, diz.

Pandemia e seu novo negócio

Em 2020, Fernando saiu da sociedade da Blue Fit e, mais uma vez, seu espírito inquieto o levou a encontrar novos horizontes e sem abandonar suas paixões. Em pleno ano de pandemia, saiu do papel o Grupo Ultra, também focado no mercado de academias, mas inspirado no modelo americano fitness, segmentado. “Embarquei nesse projeto junto com meu sócio, sem a presença de grandes investidores e com isso poderemos dar atenção especial para nossos franqueados. Vislumbrei oportunidades em cenários nos quais outras pessoas não enxergaram”, reforça Nero.

O modelo de negócio do Grupo Ultra vai oferecer opções de franquias fitness para todos os tipos de investidores, desde o pequeno empresário até investidores profissionais e engloba produtos como a academia Ultra, com formato convencional low cost e as academias boutiques, especializadas em treinamentos específicos, como bike, condicionamento físico, balé, entre outros, que podem ser acopladas dentro da própria academia Ultra, trazendo um grande diferencial para ela. “Esse modelo não existe no Brasil e vai inaugurar uma nova geração de academias para o segmento low cost”, analisa Fernando.

Segredo: valorização de pessoas

Para dar passos como esse, Fernando coloca em prática uma de suas características enquanto empreendedor: a valorização de pessoas. “Eu aprendo muito com elas, principalmente quando elas têm skills (habilidades) diferentes dos meus. Eu acabo errando menos ao ouvi-las e dependo delas para construir meus projetos e dar vida aos meus sonhos”. Tanto que o empresário faz questão de oferecer sociedade para os executivos que fazem parte do conselho de sua empresa.

A confiança e o conhecimento profundo do mercado, tanto como homem de negócios quanto cliente, também o colocam em posição de vantagem, na visão dele, para fazer o negócio dar certo. “Eu já transitei por todos os segmentos. Eu não fico somente na parte estratégica, mas tenho também noção do operacional, pois já fui professor, e noção como cliente, porque já fui aluno. Isso me traz uma grande vantagem, porque eu praticamente nasci nesse mercado”, declara Fernando.

Ajudar as pessoas a fazer acontecer é o que traz brilho aos olhos de Fernando. “Fico feliz em ajudar as pessoas. Faço isso com paixão, com amor. Isso me dá energia para realizar, para ajudar franqueados a virar cenários e comemorar com eles a vitória”, conclui.

As academias Ultra devem começar a ser vistas pelo País a partir do primeiro trimestre de 2021. E Fernando não vê a hora de isso acontecer.

Fernando Nero, empresário e referência do setor para lançar um conceito inovador de academia em solo brasileiro, apostando também no público feminino e no emagrecimento.

Parceria com Anderson “The Spider” Silva

Com mercado consolidado nos Estados Unidos, a academia Spider Kick vai oferecer condicionamento físico inspirado no treinamento secreto que Anderson Silva recebe antes das lutas. “Sempre tive o sonho de construir academias de ginástica que ajudariam as pessoas a ter uma vida mais saudável e aumentar sua longevidade. Este é o meu legado para o mundo, mas queria fazer isso no momento certo e com um serviço e profissionalismo impecável”, ressalta Anderson.

Microfranquia do futuro 2

No Brasil, Silva encontrou Fernando Nero para a estruturação do negócio e tem a expectativa de finalizar o ano com R$ 10 milhões em unidades franqueadas. Juntos vão movimentar o mercado de condicionamento físico, graças ao conceito inovador de negócios e de treinamento, que segundo Nero, o foco da Spider Kick não é a prática de artes marciais. “O segredo não está nos 15 minutos de luta, e sim no treino perfeito para preparar seu corpo”, afirma.

Clique aqui para saber mais sobre o negócio, em matéria publicada aqui no Mundo das Franquias.

Fonte: assessoria de imprensa

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Agência VitalCom

Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias