Lavanderia self-service 24h, sem funcionários

Lavanderia self-service 24h, sem funcionários

Um modelo de negócio com investimento inicial de R$99 mil, retorno rápido e que dispensa contratação de funcionários

Criada a partir de experiência de viagens de amigas de seu fundador, a Lavô, franquia de serviços de lavagem de roupas no sistema self-service, é um novo conceito de negócio que já vem resultando em bons negócios. Já são três unidades em operação, sendo duas em Balneário Camboriú (SC) e uma em Campinas (SP), e outras doze em implantação,

O CEO da marca, Angelo Max Donaton, deu início ao sonho do seu negócio próprio, achando uma solução para um problema enfrentado por duas amigas, que viajaram pela América do Sul em 2018 e não encontravam uma maneira eficiente para lavar e secar as roupas usadas no trajeto. Com isso, o empresário da forma utilizada por ele em suas viagens pelo exterior, o modelo de lavanderias de autoatendimento.

Foi quando começou a pesquisar sobre esse modelo de negócio e resolveu abrir uma unidade de testes em Balneário Camboriú. “Apesar de morar em São Paulo, eu sabia que a concorrência na cidade era muito maior. O fato de Balneário Camboriú ser uma cidade litorânea, onde as pessoas têm bastante dificuldade em secar as roupas devido a umidade, também influenciou na escolha”, conta Angelo.

Depois de alguns testes em outras modalidades de negócio, a primeira unidade foi inaugurada no ano passado, com modelos de negócio em container e sala comercial. O modelo de negócios permite a adoção de um horário de funcionamento flexível, ou seja, as lojas podem operar 24 horas por dia, sete dias por semana. Já o público consumidor é variado, incluindo jovens solteiros, donas de casa e aposentados.

O tempo total entre lavagem e secagem é de aproximadamente uma hora, com capacidade para 10 kg de roupas, em média 25 peças. Segundo Donaton, a crise gerada pela pandemia não teve impacto significativo nos negócios da marca. “Com a crise, mudamos alguns planos de inaugurações de unidades, mas esse momento nos fez sair do lugar comum e encontrar outras formas de expandir o negócio. Foi assim que começamos o projeto de expansão e conhecemos a 300 Franchising, que em agosto começou a operar a venda de franquias”, revela.

Agência VitalComPowered by Rock Convert

Conforme o fundador da Lavô, o modelo de operação foi facilmente adaptado aos cuidados sanitários impostos pelo coronavírus. “Todos os modelos de franquias são sem funcionários, com autoatendimento, onde o cliente entra, clica, faz o pagamento. É uma forma mais segura, pois o usuário não tem contato com outras pessoas nessa época de pandemia. São utilizados produtos de lavanderia profissionais. As lojas são higienizadas frequentemente e os próprios produtos e a temperatura dos equipamentos contribuem para a higienização”, explica Donaton.

Investimento inicial: 99mil 
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Retorno de investimento: 18 meses

Por Rafael Gmeiner
Editor do site Mundo das Franquias


Rafael Gmeiner

Jornalista, especialista em Produção de Conteúdo e Assessoria de Imprensa. Atualmente é CEO da Agência VitalCom e do site Mundo das Franquias. Há 20 atuando com Jornalismo e Comunicação, conta sua experiência com passagens por jornais impressos, televisão, rádio e sites, e acumula sete anos no segmento de Franquias